terça-feira, 4 de julho de 2017

Junho/17 - Acompanhamento de Carteira

Olá pessoal.

Mês de junho passou e agora é hora de fazer contas e ver como anda a maratona para a Independência Financeira. Comprei bastante este mês (post de compras aqui), reforçando a diversificação e seguindo adiante.

Diversificação - receita para manter a sanidade em tempos de crise

Vamos ver como anda a carteira!


Carteira


Na carteira de ações, comprei mais  EGIE3 e BBSE3. A composição da minha carteira continua igual:

Na carteira de FIIs, comprei mais VRTA11 e MFII11. Esta carteira também não tem novidades:


Na carteira de TD, comprei mais Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ). A carteira continua assim:


Na carteira de Renda Fixa, tive alterações. Saída de LCI, entrada de 2 CDBs:


Rendimento


A tabela de rendimentos ficou assim:


A diversificação está assim:


O patrimônio subiu pela força do aporte. Consegui um aumento patrimonial de 2,33%, o que é bastante relevante e me coloca mais perto da minha meta anual.


Conclusões


Minha carteira de ações acabou cedendo e se retraiu em 1,57% no seu valor de mercado. Mas está tudo bem. Como diria o Bastter, se a "renda variável" só variasse para cima, se chamaria "renda variável que só varia para cima", rs. Neste mês eu fique atrás do Ibovespa, o qual subiu 0,30% (fonte). Em julho as próximas candidatas a compras são BBDC4 e VIVT3.

Acompanhando a queda da bolsa, minha carteira de FIIs se desvalorizou 0,48%. Não foi de todo mal, pois meus dividendos nesta carteira subiram 0,70%, mesmo com alguns deles diminuindo a distribuição por cota. Vamos em frente!

Minha carteira de TD subiu 0,59%, ajudando a segurar as perdas da renda variável. Viva a diversificação!

Minha carteira de renda fixa se valorizou 0,80% e também ajudou a diminuir o estrago da renda variável. Sigo usando esta carteira para equilibrar as compras da renda variável, apesar de saber que a liquidez do patrimônio fica um pouco comprometida cada vez que compro outro CDB.

Apesar do meu patrimônio ter subido 2,33%, meu rendimento foi quase nulo, levemente negativo em 0,19%. Isso faz parte do caminho de quem tem boa parte da carteira em renda variável. Agora é pensar no aporte do mês de julho e esperar um resultado melhor. Estou cada vez mais próximo da minha meta anual, o que me deixa muito animado!

Bons investimentos!
Abraços!